domingo, 19 de agosto de 2012

Irmão Aurélio Ortigara

*Quem não lembra do irmão Aurélio Ortigara, que de 1965 a 1976 lecionou, foi tesoureiro, vice-diretor e diretor do Ginásio São Gabriel? E de 1986 até 2003 voltou a nossa cidade, exercendo atividades no Ginásio São Gabriel, perfazendo um total de 30 anos em nosso meio. Em 1997 recebeu o título de “Cidadão Gabrielense”, proposto pelo então vereador Caio Rocha, concedido pela unanimidade dos componentes da Câmara de Vereadores.

O irmão Aurélio Ortigara, nasceu em 19 de maio de 1918, em Antônio Prado (RS). No dia seguinte foi batizado na Paróquia de São Pedro e São Paulo, pelo padre José Bem, no distrito de Nova Roma. Filho de Albano Ortigara, natural de Caxias do Sul (RS) e de Josephina Guetini, nascida em Vercelli (Itália). Tiveram 12 filhos e mais dois de criação.

Em fevereiro de 1933, quando tinha 15 anos, Aurélio ingressou na Escola do Sagrado Coração de Jesus, da Congregação dos Irmãos Maristas, em Antônio Prado. Ficou um ano por lá. Nos anos de 1934 e 1935 estudou e trabalhou no Juvenato dos Irmãos Maristas, na hoje cidade de Bom Princípio (RS).

Em 1936 foi para o Postulantado no Colégio Champagnat, em Porto Alegre, onde estudou e fez o Serviço Militar. Passou a noviço em 1937, com o nome de “Irmão Brício Marcos”. Em 1962 voltou a se chamar Irmão Aurélio Ortigara.

Em 1938 fez um ano de Escolasticado com estudos especiais no Colégio Champagnat de Porto Alegre. Começou o magistério em 1939 no Colégio Santo Antônio, de Garibaldi (RS).

Nos anos de 1940 e 1941 lecionou no Colégio Santa Maria, em Santa Maria (RS). Nestes anos fez o curso do Artigo 100 (2° Grau) e recebeu da Secretaria de Educação o registro de professor do Curso Primário.

Em 1942 e 1943 lecionou no Colégio Nossa Senhora do Rosário, em Porto Alegre. No mês de janeiro de 1943 fez os votos perpétuos. Nos anos de 1944 e 1945 trabalhou em Florianópolis (SC), no Educandário Abrigo de Menores com jovens delinqüentes criminosos e abandonados. Em 1946 foi transferido para o Colégio Frei Rogério, em Joaçaba (SC). Em 1947 foi lecionar no Colégio São Tiago, de Farroupilha (RS).

Nos anos de 1948 até 1957 voltou a trabalhar no Abrigo de Menores, de Florianópolis. Nestes anos fez exames de Suficiência, perante as bancas de professores vindos de São Paulo e Rio de Janeiro, para obter o registro definitivo de professor em várias disciplinas, com o mesmo valor de faculdade.

Nos anos de 1958 a 1964 passou a lecionar no Colégio Cristo Rei, na cidade de Getúlio Vargas (RS). Em 1959 fez o 2° Noviciado em Campinas (SP). Em 1973, quando se encontrava em São Gabriel, concluiu a faculdade de Estudos Sociais (FIC), obtendo o 1 ° lugar da turma.

Em 11 de novembro de 1974 foi diplomado na Escola Superior de Guerra (Adesg). No ano de 1975 fez curso da 3° idade de formação em Roma (Itália). Em 1977 foi transferido para o colégio Santanense, em Livramento (RS), onde ficou até 1985. RS.

Em 1979 fez curso de aperfeiçoamento (Cemar), na cidade de Teresópolis (RJ). Em 2004 foi transferido para o Colégio Marista Maria Imaculada, de Canela (RS), onde assumiu o cargo de ecônomo da comunidade dos irmãos de Canela e permanece até hoje, perfazendo neste ano de 2012, nada menos do que 94 anos de idade, dos quais 76 dedicados a vida religiosa.

No dia 25 de maio de 2008, o irmão Aurélio foi homenageado por irmãos, parentes e amigos em uma Missa celebrada na Paróquia Santo Antônio do Pão dos Pobres, em Porto Alegre. A celebração foi presidida pelo padre Luciano Gouvêa, de São Gabriel, e foi seguida de um almoço no edifício Tour d’Argent. (Fonte: Colégio Marista Maria Imaculada, de Canela)

Irmão Aurélio Ortigara, uma vida dedicada a educação de crianças e jovens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário