terça-feira, 13 de agosto de 2013

Estância da Caieira

*A Estância da Caieira localiza-se no distrito de Tiaraju,interior de São Gabriel. Da velha sede só restam vestígios. Em 12 de junho de 1972 uma violenta tempestade botou abaixo parte da frente, que levou à sua demolição total. No seu lugar, lendas e legendas se confundem. 

O primeiro dono da Estância da Caieira foi o capitão Fidélis Nepomuceno de Carvalho Prates, avô materno de Júlio de Castilhos. Ele estudou as primeiras letras em São Gabriel, tendo como colega de classe Joaquim Francisco de Assis Brasil.

A estância guardou seu nome na história, tendo sido sede a partir de junho de 1841 da capital da República Rio-Grandense, quando lá se registraram intensas atividades epistolares, desenvolvidas pelo general Bento Gonçalves da Silva e por Domingos José de Almeida, secretário do Interior e Fazenda, encarregado do expediente de guerra em São Gabriel.

Em 1844, já no fim da Revolução Farroupilha, um trio de bravos formados pelo tenente-coronel Manoel Carvalho de Aragão e Silva, o "Manduca Carvalhinho",famoso guerrilheiro farrapo, o tenente Sezefredo Alves Coelho de Mesquita e o soldado Policarpo Pereira de Carvalho e Silva, enfrentou um pelotão de 30 homens comandados pelo tenente Militão do Canto, no célebre combate de três contra 30.

Depois de terminada a Revolução, esteve em São Gabriel o imperador Dom Pedro II, que foi recepcionado em uma festa campeira na Estância da Caieira, para que conhecesse o gaúcho em seu habitat.

A estância também pertenceu a Ricardo Bicca, que a deixou de herança para sua filha Eulália, casada com Osório D'Azambuja. Com a morte do casal tornou-se dono seu genro Ari Azambuja Sierra, que casou com Luis Galaor Bragança. 

Atualmente pertence ao espólio de Maria de Lourdes Sierra. A propriedade dedica-se à criação de gado Devon e ovinos da raça Corriedale. (Fonte:Adaptado do livro "História de São Gabriel", de autoria do historiador Osório Santana Figueiredo)

A velha Estância da Caieira. (Foto: Livro "História de São Gabriel", do historiador Osório Santana Figueiredo)


Bonita vista da barragem da Estância da Caieira (Foto: Ademir A. Scheffler)

Um comentário:

  1. Ten Sezefredo Mesquita nosso tio bisavô. De sua grande prole na fazenda sobradinho em Umbu é a origem dos Mesquita na região. Comandou a 3ª Brigada de Cavalaria na Batalha de Tuiuti. Faleceu em Tuiucuê em 3 de fevereiro de 1867, de cólera.

    ResponderExcluir